TRF2 não emite alvará de soltura de deputados presos pela Lava Jato

Alerj decidiu pela liberdade dos parlamentares.

Um imbróglio jurídico está atrasando a soltura dos cinco deputados estaduais presos na operação Furna da Onça, desdobramento da Lava-jato no Rio de Janeiro.

Na terça-feira (22), a Assembleia Legislativa do Estado decidiu pela liberdade dos parlamentares.

A votação na Alerj foi realizada após a ministra, Cármem Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, determinar que caberia à Casadeliberar sobre o tema.

O resultado do pleito deveria ser encaminhado ao Tribunal Regional Federal da Segunda Região, para que o desembargador e relator responsável pelo caso emitisse o alvará de soltura.

No entanto, em um parecer, Abel Gomes afirmou que, cabe à Alerj dar cumprimento ao ato.

Os deputados André Correa (DEM), Marcus Vinicius Neskau (PTB),  Luiz Martins (PDT), Chiquinho da Mangueira (PSC) e Marcos Abrahão (Avante) são acusados de envolvimento em um esquema de corrupção em órgãos do governo do Rio.

Fonte Band News FM RJ
Comentários
Loading...

Send this to a friend