Partidos tradicionais tem dificuldade para conseguir nomes para concorrer na capital

Com o fim das coligações para eleições de vereador, os partidos tem buscado alternativas para conseguir conquistar nomes para disputar as eleições.

As eleições de 2018 embaralharam o cenário politico  no Rio de Janeiro, mostrando que grandes partidos com tempo de TV não necessariamente definirá votos no final. Apostando nisso diversos pré candidatos tem corrido para partidos “nanicos” em busca de conseguir sair vitoriosos.

Os mais prejudicas até agora é o MDB, que sofreu grandes quedas de popularidade nos últimos anos com a prisão dos seus principais lideres no Rio de Janeiro. Sergio Cabral, Jorge Picciani, Brazão, Eduardo Cunha e Pezão saíram do jogo e deixaram um vaco eleitoral que não deve ser preenchido pelas fileiras medebistas.

Outros partidos que buscam se reinventar é o PT e o PSDB, antes declarados grandes rivais da politica nacional, agora perderam o protagonismo o PT a esquerda e o PSDB a direita.

 

Comentários estão fechados.

Send this to a friend