Juiza indicada por Witzel para disputar a Prefeitura do Rio é afastada das suas funções

A magistrada Glória Heloiza da Silva terá 15 dias para se manifestar, contados a partir da intimação.

AO Colegiado do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) afastou a magistrada Glória Heloiza da Silva das funções eleitorais.

O afastamento se dá após circular em veiculos de comunicação a “possível candidatura” da juíza à Prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições de 2020, sendo indicada pelo atual governador Wilson Witzel (PSC).

O TRE decidiu de forma unânime o afastamento da magistrada das suas funções. Ela ocupava desde maio de 2019 a função como membra substituta dentro do tribunal

Comentários estão fechados.

Send this to a friend