Deputados derrotados em 2018 planejam concorrer a Câmara dos Vereadores

A lista e grande e muitos nomes conhecidos, entre eles: Chico Alencar, Lindbergh Farias, Otávio Leite, Laura Carneiro, Cristiane Brasil e até o filho do Sergio Cabral.

As eleições de 2018 mudaram o status quo da politica carioca. Muitos parlamentares que tentaram a permanência nas cadeiras do legislativo, seja na Alerj ou na Câmara Federal, não conseguiram se reeleger.

Indo contra a maré da renovação politica os ex-deputados planejam conseguir um espaço no legislativo nas eleições de 2020

Sem espaço no governo do Jair Bolsonaro (Sem Partido) e do Wilson Witzel (PSC), estão mirando a câmara dos vereadores do Rio de Janeiro para tentar se manter vivos no mundo politico e não ver os poucos aliados que sobraram mudarem de lado.

A lista é grande dos parlamentares que vão tentar buscar uma vaguinha entre as 51 cadeiras do legislativo carioca. Com muitos nomes conhecidos no mundo politico.

Veja a Lista

Otávio Leite (PSDB): Hoje ocupa espaço como secretario de turismo no governo do Estado, mas não deve ficar mais no ninho tucano, buscando aumentar a base do governador e concorrer pelo PSC.

Cristiane Brasil (PTB): Após o escândalo envolvendo sua nomeação como ministra no governo Michel Temer (MDB), ela busca uma vaga no legislativo do município.

Lindbergh Farias (PT): O escudeiro do Lula no Rio de Janeiro vai aproveitar a soltura do seu aliado e tentar reforça uma posição a esquerda.

Chico Alencar (PSOL): Após anos como Deputado Federal tentou concorrer ao cargo como Senador nas eleições de 2018, saindo derrotado.

Marcelo Queiroz (PP): Outro secretario do Wilson Witzel vai aproveitar a boa fase politica para garantir sua vaga como vereador.

Marco Antonio Cabral (MDB): Após a prisão do seu pai – o Sergio Cabral -não conseguiu se reeleger como deputado federal em 2018.

 

 

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Send this to a friend