Bolsonaro acaba de demitir Mandetta do Ministério da Saúde

Mesmo com toda a polêmica envolvendo Mandetta e Bolsonaro, o ministro disse que só deixaria o cargo assim que seu sucessor fosse escolhid

Na tarde desta quinta-feira (16), em conversa com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi informado que seria desligado do cargo.

Desde o início da crise do coronavírus, ministro e presidente vinham se desentendendo sobre a melhor estratégia de combate à doença. Enquanto Bolsonaro defende flexibilizar medidas como fechamento de escolas e do comércio para mitigar os efeitos na economia do País, permitindo que jovens voltem ao trabalho, o agora ex-ministro manteve a orientação da pasta para as pessoas ficarem em casa. A recomendação do titular da Saúde segue o que dizem especialistas e a Organização Mundial de Saúde (OMS), que consideram o isolamento social a forma mais eficaz de se evitar a propagação do vírus.

O oncologista Nelson Teich é o mais cotado para assumir a pasta. Teich atuou na campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro.

EM ATUALIZAÇÃO

 

Comentários estão fechados.