Ex-presidente do Flamengo e mais sete são indiciados por mortes no Ninho do Urubu

Dez atletas da categoria de base morreram no incêndio que atingiu o alojamento.

O ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Melo e outras sete pessoas foram indiciadas pelas mortes no incêndio no Centro de Treinamento do clube em fevereiro deste ano. A confirmação é do delegado do caso Marcio Petra, responsável pelas investigações.

Dez atletas da categoria de base morreram no incêndio que atingiu o alojamento do clube em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio. Na ocasião, 3 adolescentes também ficaram feridos.

O espaço ficou interditado por quase três meses e só foi liberado depois de o clube cumprir todas as medidas propostas pelo Ministério Público. Agora, uma ambulância precisa ficar de prontidão no local.

O laudo sobre a tragédia aponta que o fogo começou após o curto-circuito no ar condicionado de um dos quartos e se alastrou rapidamente por causa do material que reveste as paredes dos contêineres.

Fonte Band News FM Rio

Comentários estão fechados.

Send this to a friend