Primeira morte por coronavírus é confirmada no Complexo de Bangu

Esse é o quarto caso de óbito por conta de coronavírus no sistema carcerário do Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro registra a primeira morte dentro do Complexo Penitenciário de Gericinó, antigo complexo do Bangu.

No local, que reúne 25 presídios, estão detidos mais de 50% dos, aproximadamente, 50 mil detentos de todo o Estado do Rio de Janeiro.

O detento, que tinha apresentado sintomas de COVID-19, chegou a receber tratamento mas não resistiu.

Esse é o quarto caso de óbito por conta de coronavírus no sistema carcerário do Rio de Janeiro.

Comentários estão fechados.