Número de comércios fechados no Centro do Rio aumenta a cada dia

Só no último mês, fecharam uma agência bancária e outra dos Correios, além de um bar, que funcionava há décadas.

Centro do Rio de Janeiro, 9 horas da manhã. Começa o horário comercial e… as lojas não abrem mais! O número de estabelecimentos fechados na região aumenta a cada dia.

Só no último mês, fecharam entre o Largo da Carioca e a Praça Tiradentes, uma agência bancária e outra dos Correios, além de um bar, que funcionava há décadas.

Em meio à tantos estabelecimentos encerrando as atividades, uma grande loja de material de construção resiste à crise. O proprietário do local, João Henrique Gomes, fala com tristeza da situação do comércio na Rua da Carioca.

O empresário Ricardo Camargo tem um escritório na região e classifica como lamentável o momento vivido pelos comerciantes no Centro do Rio.

O presidente do Centro de Estudos do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDL Rio), Aldo Gonçalves, explica que o quadro econômico do estado afetou profundamente o comportamento do consumidor.

Um levantamento do Centro de Estudos indica que na capital fluminense, entre janeiro e dezembro de 2018, foram fechados 10 mil estabelecimentos, um aumento de 15% em comparação com o mesmo período de 2017.

Só em dezembro fecharam 1.445 lojas, 33% a mais do que no mesmo mês de 2017. Do total, 250 estabelecimentos ficavam no Centro; 550 na Zona Norte; 425 na Zona Oeste e 220 na Zona Sul.

Entre janeiro e dezembro do ano passado 3.950 estabelecimentos encerraram as atividades na Zona Norte; 3.150 na Zona Oeste; 1.724 na Zona Sul e 1.742 no Centro.

Fonte Band News FM Rio
Comentários
Loading...

Send this to a friend