Caso Anderson do Carmo: Justiça ouve testemunhas de acusação

Flordelis, que está em Brasília, não vai comparecer à audiência marcada para esta quinta-feira (31).

A deputada federal Flordelis (PSD) não vai comparecer às audiências de instrução do caso que envolve a morte do pastor Anderson do Carmo, nesta quinta-feira (31). A parlamentar usou da prerrogativa para depor em Brasília, mas a data ainda não agendada.

A sessão no Fórum de Niterói, Região Metropolitana do Rio, deveria começar às 9h, porém os irmãos Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos só deixaram o Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste da capital, às 8h10.

Antes deles serem ouvidos, testemunhas de acusação e defesa depõe. Somente após essa fase inicial a juíza Nearis dos Santos, da 3ª Vara Criminal de Niterói, vai deliberar se os acusados pela execução do líder religioso serão levados a júri popular.

A execução de Anderson do Carmo completa 5 meses no próximo dia 16.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

Send this to a friend