Em silêncio, secretário de Saúde do município ‘pede para sair’

Marco Antonio de Mattos é a nova baixa no governo Crivella.

O secretário de Saúde Marco Antonio de Mattos pediu para deixar o governo do prefeito Marcelo Crivella (PRB). O moço formalizou sua demissão em uma conversa privada com o prefeito. O pedido já está nas mãos do alcaide, e deve ser publicado em breve no Diário Oficial.

Mattos assumiu a pasta em maio do ano passado, depois que o irmão, o vereador Carlos Eduardo (SD) voltou à Câmara para fortalecer a base na batalha pelo aumento do IPTU.

Durante sua gestão, o futuro ex-secretário enfrentou uma série de problemas, incluindo a quase paralisação de diversos postos e clínicas da família por causa de falhas nos repasses da prefeitura às organizações sociais responsáveis pelas unidades.

Ele deixa a administração em meio a mais uma crise, desta vez motivada por denúncias de problemas no sistema que controla a fila de atendimento, o Sisreg.

E, para piorar, em decreto publicado hoje, o prefeito passa para as mãos do chefe da Casa Civil, Paulo Messina, a decisão sobre o orçamento e a execução dos serviços de saúde prestados por intermédio das Organizações Sociais (OSs) – ou seja, pela maior parte dos serviços de saúde prestados pela prefeitura.

Há informações, porém, de que o secretário já vinha pedindo para sair há dias por motivos de caráter pessoal.

Com informações Extra Extra
Comentários
Loading...

Send this to a friend